domingo, 15 de agosto de 2010

Os opostos realmente se atraem?

Ela gostava de dançar a mesma coriografia para todas as músicas que conhecia. Ele, preferia ficar observando o movimento. Ela gostava de sorrir, ele apenas mantinha seu ar tímido. Ela pulava, gritava, falava palavrão. Ele, apenas a observava com ar de desaprovação. Eles eram totalmente opostos. Ou quase opostos, pensando bem, eles tinham algo em comum: Não conseguiam se afastar nem por dois segundos.
A pior forma de sentir a falta de alguém é estar sentado ao seu lado e saber que nunca o terá.

3 comentários:

  1. ah, bem que podia ser fácil assim na vida real... =]

    ResponderExcluir
  2. Amor, adoro seu blog e tem um selinho em meu blog pra ti.
    http://destinazioneparadiso1.blogspot.com/p/selinho.html

    ResponderExcluir